quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Amigos em Los Angeles

Na época em que Carlos foi estudar música em Los Angeles, acompanhado de sua esposa e Musa Aninha, por um período dividiu apartamento com outro talentoso casal: Louise Lucena e Peninha.

Segue mais um trecho da história:

* * *

O reencontro foi uma grande festa, era quase com estar de volta à Itajaí! Louise e Peninha recém-chegados de Nova York passaram a morar junto com Carlinhos, Aninha e Arnou de Melo. “Ele adorava o meu feijão”, lembra a cantora. Passado algum tempo, o irmão caçula de Carlinhos une-se ao grupo. Cassiano também se vira como pode e chega a participar da dublagem de um documentário sobre a Amazônia, durante o período que ficou em Los Angeles.

Como todo o brasileiro no exterior, um dia a saudade bateu. O jeito foi apelar para as tradições na tentativa de diminuí-la. Uma das soluções encontradas pelo pessoal era fazer o tradicional churrasco gaúcho. Os vizinhos americanos ficavam com água na boca, nunca tinham visto um churrasco assim.

Mais dos que amigos morando juntos no exterior, ali estavam irmãos, que dividiam tudo e viviam as mesmas experiências.

“Nos Estados Unidos eu e o Carlinhos tínhamos carros iguais, da marca Honda”, contou Peninha. “A única diferença era que o meu não tinha manual e o dele tinha. Um dia deu um problema no meu carro e eu abri o motor para tentar descobrir o que havia acontecido. Então o Carlinhos, um cara meticuloso, disse: ‘Peninha, não mexe em nada que eu vou buscar o manual”.
“Ele foi, enquanto isso eu desparafusei uma peça que me pareceu estar falhada. Quando ele voltou, foi logo avisando: ‘Cara, tu podes retirar qualquer peça, menos essa daqui’ e apontava para o manual. Tarde demais, a tal peça já estava na minha mão e o carro teve que ser rebocado”.

Um comentário:

Rohn Flores disse...

Olá, obrigado por criar este grande blog dedicado a Carlinhos Niehues. Eu conheci Carlinhos quando ele estava morando aqui em Los Angeles. Era setembro 1988, quando eu o conheci pela primeira vez, e nós éramos amigos até que ele e Aninha voltou para o Brasil no final de 1990. Tenho muitas lembranças maravilhosas de Carlinhos, e para ser honesto, eu queria que ele ficou em Los Angeles.

Já em 2001, escrevi um ensaio sobre as minhas memórias de Carlinhos, e foi no meu site na época. Eventualmente, vou postar o ensaio de novo no meu novo site.

Um grande abraço de Los Angeles, CA EUA

Rohn Flores